Autor: Recanto do Poeta

História

Não é minha esta casa, aí entrarei no entanto. Quebrarei o portão, marcharei entre as flores, Encherei meu pulmão com os estranhos odores Do jardim adubado a sêmen, sangue e pranto. Porei a porta abaixo, enfrentarei o espanto...

consulte Mais informação

Publicidade

Categorias

0