Alexei Bueno

Alexei Bueno

Alexei Bueno

Poetas

Alexei Bueno nasceu em 26 de abril de 1963, no Rio de Janeiro. Com mais de 10 livros publicados, faz parte de um seleto grupo de autores que escrevem poesia metafísica  atualmente no país. membro do PEN Clube do Brasil, também destaca-se como editor e tradutor, tendo organizado a obra completa de poetas como Augusto dos Anjos, Jorge de Lima, Olavo Bilac, Mário de Sá-Carneiro, Almada Negreiros, entre outros.

Muito estudioso, as obras literárias de Alexei Bueno abrangem um hall de grandes referências, principalmente clássicas. Por meio da sondagem metafísica e das ideias de eternidade, captadas do gênio das civilizações clássicas, o poeta sempre apresenta ávidas inquietações sobre a modernidade, propondo a poesia como uma elaborada instância das reflexões da vida.

Em janeiro de 2002, Bueno provocou enorme rebuliço na poesia brasileira, com o manifesto, “Carta Aberta aos Poetas Brasileiros”, onde critica a presença de uma suposta”ditadura estética”, que rejeita os poemas longos, além dos temas mais profundos.

Poemas de Alexei Bueno:

História

Não é minha esta casa, aí entrarei no entanto. Quebrarei o portão, marcharei entre as flores, Encherei meu pulmão com os estranhos odores Do jardim adubado a sêmen, sangue e pranto. Porei a porta abaixo, enfrentarei o espanto Dos vultos me fitando; e apesar dos...

ler mais

Constatação

Corrente de amanhãs, vício de auroras. Outro dia, outro dia, outro, por quê? Agoras a exigir outros agoras, Barco sem mapa, cais que não se vê. No alto, a bandeira rota, e o lema: até. Tudo incompleto. As horas, mães das horas, Partindo inúteis. Novas, as escoras...

ler mais

Poetas similares a Alexei Bueno

Trackbacks / Pingbacks

  1. A polêmica Carta de Alexei Bueno sobre a poesia brasileira » Recanto do Poeta - […] 2002, o poeta e crítico literário Alexei Bueno, então aos 38 anos, escreveu uma “carta aberta aos poetas brasileiros”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias

0