Walt Whitman

por mar 18, 2019Poetas0 Comentários

Walt Whitman nasceu a 31 de maio de 1819, em Huntington, Nova Iorque, nos Estados Unidos. Chamado do o “pai do verso livre”, é um dos mais influentes poetas norte-americanos de todos os tempos, tendo a sua obra “Folhas de Relva” (“Leaves of Grass”), considerada um marco na literatura poética universal.

Reconhecido como uma pessoa à frente do seu tempo, Walt Whitman elevou em suas obras a condição do homem moderno, celebrando a natureza do ser humano e a vida em geral em termos pouco convencionais de escrita. Em “Folhas de Relva”, ele exprime um certo panteísmo filosófico, além de um ideal de unidade cósmica que o “Eu” representa. Visionário, também chocou a sociedade da época com poemas que abordavam a sexualidade, que eram vistos como obscenos.

Walt Withman também foi um ávido militante político, profundamente identificado com os ideais democráticos da nação americana.  Whitman celebrava o futuro da América e os aparecimento das novas repúblicas no mundo. O Brasil foi um do países homenageados pelo poeta em suas obras.

Os últimos anos de vida de Whitman foram marcados pela pobreza, atenuada apenas pela ajuda de amigos e admiradores americanos e europeus.

Walt Whitman faleceu aos 72 anos, no dia 26 de março de 1892, em Camden, Nova Jérsei, nos Estados Unidos.

Poemas de Walt Whitman:

A Um Ser Estranho

Estranho ser que passas! não sabes com que ansiedade ponhomeus olhos em ti,bem podes ser aquêle que eu andava buscando ou aquela queeu andava buscando(isso me ocorre como num sonho),algures certamente eu já vivi contigo uma vida de alegrias,tudo é lembrado ao...

ler mais

A ti, Ó Democracia

Venha, farei o continente indissolúvel,Farei a mais esplêndida raça sobre a qual o sol jamais brilhou,Farei divinas terras magnéticas,Com o amor dos camaradas,Com o amor de toda vida dos comadaradas. Plantarei o companheirismo copioso como árvores ao longo de todos os...

ler mais

Pleno de Vida Agora

Pleno de vida agora, consistente, visível,Eu, quarenta anos vividos, no ano oitenta e três anos dos Estados,Ao homem que viva daqui a um século, ou dentro de quantos séculos for,A ti, que ainda não nasceste, dirijo este canto.Quando leias isto, eu, que agora sou...

ler mais

Poetas similares a Walt Whitman

Trackbacks / Pingbacks

  1. Jack Kerouac » Recanto do Poeta - […] Walt Whitman […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias