William Faulkner

William Faulkner

William Faulkner

Poetas

William Cuthbert Faulkner nasceu no dia 25 de setembro de 1987, em New Albany, Estados Unidos. Considerado um dos maiores romancistas do século XX, vencendo o Prêmio Nobel de Literatura, em 1949, começou a sua trajetória publicando livros de poesia durante a década de 20. No entanto, a pouca repercussão do autor como poeta fez com que ele, se auto-denominasse “poeta falhado”.

Influenciada por nomes como James Joyce, Macel Proust e Thomas Mann, a literatura faulkneriana é tida como extremamente complexa e desafiadora, utilizando técnicas do fluxo de consciência. O grande cenário de narrativa para sua obra é a decadência do sul dos Estados Unidos pós-Guerra Civil, no condado imaginário de “Yoknapatawpha”, no Mississipi.

Dono de uma personalidade solitária e melancólica, Faulkner começou escrevendo poemas obscuros e dramáticos, trazidos por ávidas leituras das obras de Johann Goethe e, principalmente, William Shakespeare. No entanto, os seus primeiros livros não tiveram êxitos, muito por causa da complexidade soturna e erudição das palavras.

Nesse período, Faulkner foi morar na cidade de Nova Orleans, onde conheceu e se tornou grande amigo do poeta Sherwood Anderson. Escreveu artigos para jornais e revistas e publicou o primeiro romance, “Paga de Soldado”, em 1926, também sem muita repercussão. Só depois de 1930, a partir da publicação da segunda versão do livro “Santuário”, as suas obras começaram a ser reconhecidas junto da crítica e do grande público.

William Faulkner faleceu no dia 6 de julho de 1962, em Byhalia, Estados Unidos.

Poemas de William Faulkner:

Após Cinquenta Anos

A casa dela está vazia e seu coração está velho, E cheio de tons e ecos que se enganam Ninguém a salva, pois ela ainda tenta tecer Com os dedos dobrados às cegas, redes que não conseguem segurar. Uma vez que todos os braços dos homens subiram para ela, é dito, E...

ler mais

As Palavras não Servem para Nada

Foi quando aprendi que as palavras não servem para nada; que as palavras nunca se adaptam nem mesmo ao que elas querem dizer. Quando ele nasceu compreendi que a maternidade foi inventada por alguém que tinha de arranjar uma palavra para isso, porque as que tinham os...

ler mais

Poetas similares a William Faulkner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Categorias

0